|

Reduzir a sua pegada ambiental

Quer seja para mitigar o risco, criar novas oportunidades, reduzir os custos operacionais ou melhorar a imagem de marca, as empresas estão a tentar reduzir a sua pegada ambiental. Cada vez mais, os nossos clientes estão a perceber que a tecnologia pode ser um grande impulsionador desta transformação.

Contudo, possuir tecnologia com uma pegada limitada é apenas o primeiro passo. Ajudamos os nossos clientes a implementarem tecnologia amiga do ambiente que satisfaz as suas necessidades, ao mesmo tempo que lhes permite cumprir os seus objectivos de sustentabilidade e minimizar as despesas operacionais.

Eficiência energética impulsiona a inovação


A tecnologia com eficiência energética reduz o impacto ambiental de uma organização, mas também beneficia os seus resultados globais. As soluções eficientes do ponto de vista energético reduzem os custos operacionais, estão mais bem preparadas para a expansão e são mais adaptáveis a mudanças no negócio.

O nosso objectivo é ajudar os nossos clientes a utilizarem os recursos de forma mais inteligente. Ao fazê-lo, estarão mais bem posicionados para:
  • Crescer sem se preocuparem com os limites da capacidade de dados
  • Gastar menos tempo e dinheiro em preocupações quotidianas relacionadas com as TI
  • Melhorar a continuidade do negócio
  • Lidar com solicitações do governo e dos accionistas para efectuar melhorias em termos de eficiência energética
  • Operar flexivelmente e à velocidade dos negócios
Oferecemos vários produtos e serviços que se combinam para criar um sistema de TI amigo do ambiente e eficiente:

Servidores tipo lâminaUm receptáculo dos nossos servidores tipo lâmina da nova geração é como um centro de dados optimizado, com uma pegada muito menor. Os nossos clientes ganham espaço e potência de processamento, libertam a sua equipa de TI e reduzem os custos com a energia até 20%, em comparação com ofertas da concorrência configuradas de forma idêntica.
VirtualizaçãoA virtualização desassocia o software e os serviços do hardware e reduz o consumo energético, conserva espaço e recursos, proporciona aos sistemas maior flexibilidade e oferece um maior retorno do investimento. A Gartner antecipou que mais de 50% das cargas de trabalho dos servidores seriam associadas à virtualização até ao final de 2012. A virtualização também aumentou a segurança e está mais conforme com as políticas de privacidade internas e externas.
Advanced Infrastructure Management (AIM)A arquitectura AIM prepara os centros de dados para o futuro ao fornecer-lhes a máxima flexibilidade, incluindo a capacidade de redistribuir rapidamente os recursos, o suporte de uma variedade de dispositivos diferentes e a possibilidade de fazer implementações estratégicas quando necessário. Isto significa menos servidores, menos custos, menos tempo de interrupção e tempos de respostas mais velozes.

Eficiência do centro de dados reduz os custos e o impacto ambiental

Os centros de dados são os motores da actual economia globalizada e centrada na tecnologia, embora isso acarrete um custo monetário e para o ambiente. Olhando para o futuro, os conteúdos digitais irão apenas aumentar, duplicando a cada 18 meses, de acordo com a empresa de estudos de mercado IDC, e o consumo energético continuará a ser um problema sério, na medida em que os recursos de energia não renovável diminuem e os custos da electricidade aumentam.
La eficiencia de los centros
A Dell pode ajudar das seguintes formas:
  • Maximizando o que já possui — A perspectiva de criar um novo centro de dados é dispendiosa, quer para a empresa quer para o ambiente. Felizmente, existem imensas oportunidades para poder trabalhar mais com a sua infra-estrutura actual. Em particular, a utilização de capacidade e a alimentação e refrigeração são áreas que podem ser significativamente melhoradas com hardware de alta performance, ferramentas de gestão de energia, um design inteligente do centro de dados e estratégias de contenção e fornecimento de energia.
  • Implementar o centro de dados eficiente — O nosso Centro de dados eficiente pode ajudá-lo a libertar cerca de 50% de um orçamento de TI, para além de reduzir a pegada de carbono do centro. Baseada na virtualização, automatização e consolidação, esta estratégia produz soluções abertas, robustas e económicas que o ajudam a optimizar o seu centro actual, virtualizar num espaço de tempo que faz sentido para o seu negócio e tirar partido das tecnologias de nuvem, se for apropriado. 
  • Simplifique com a gestão inteligente de infra-estruturas e sistemas — Uma nova geração de produtos de servidor, armazenamento e sistemas de rede inteligentes, concebida para utilizar a energia de forma mais eficiente, automatizar tarefas frequentes, responder rapidamente a pedidos de alterações e ajudá-lo a antecipar e resolver potenciais problemas. Por exemplo, os nossos servidores PowerEdge C ultradensos são especialmente concebidos para ambientes de aplicações de nuvem/cluster e os nossos servidores tipo lâmina PowerEdge série M de alta densidade oferecem facilidade de gestão juntamente com elevada capacidade, uma pegada reduzida e menor consumo de energia.

O passo seguinte — arrefecimento com ar fresco

À medida que os conteúdos digitais continuam a expandir-se, as empresas precisam de soluções reais para garantir que as exigências dos dados em crescimento não põem em causa a continuidade do negócio, restringem os orçamentos, paralisam a inovação e aumentam a poluição. Um centro de dados com eficiência energética pode ajudar, assim como a escolha inteligente da tecnologia presente no centro de dados.

Para ajudar as empresas a utilizarem ar fresco para arrefecer os centros de dados, a Dell garante que alguns dos nossos servidores, sistemas de rede e produtos de armazenamento operam a temperaturas elevadas. As nossas soluções de arrefecimento com ar fresco são capazes de funcionar a 40 °C durante até 900 horas por ano e a 45 °C durante 90 horas por ano.

Esta é actualmente a mais alta temperatura garantida da indústria. Em comparação, a garantia do servidor standard é de 35 °C. Por conseguinte, os centros de dados situados em locais muito quentes ou húmidos têm de recorrer a refrigeradores para manter o equipamento a funcionar a temperaturas seguras.

Os clientes que utilizam soluções de ar fresco podem evitar a necessidade de investimento de capital, que se estima rondar os 3 milhões de dólares (e até 275 mil dólares em despesas de funcionamento anuais) por megawatt de equipamento de TI instalado, ao não ter de instalar e utilizar sistemas de ar condicionado.