Como exportar registros em um servidor PowerEdge C-Series com o script PercLogs

Como exportar registros em um servidor PowerEdge C-Series com o script PercLogs



Este artigo descreve como exportar registros em um servidor PowerEdge C-Series com o script PercLogs


O PEC-Logs Script é um script específico do PowerEdge-C que coleta registros e informações do sistema, similar ao utilitário DSET para os servidores PowerEdge.

Ele pode ser baixado da página poweredgec.dell.com.

  • Ele utiliza e extrai informações de IPMI.
    • São necessários OpenIPMI e ipmitool
      • O script realiza uma detecção do sistema operacional e do tipo de sistema para verificar se está num ambiente compatível.
      • A BMCTool e a ferramenta SetupBIOS estão incluídas no script para expandir as informações coletadas sobre o sistema.
      • Ele faz um despejo completo das configurações do BIOS, incluindo a configurações de identificação que tenham sido alteradas dos padrões do BIOS
      • Também utiliza o MegaCli e a ferramenta LDSTate para extrair informações de armazenamento.
  • Inclui uma pré-verificação para localizar o MegaCli e informar caso não esteja presente
  • O MegaCli é opcional. Se os registros de armazenamento não forem necessários, pode ser ignorado
  • O script também extrai dmidecode e lspci
  • lspci, lspci -v e lspci -vvv são usados individualmente para obter todo o possível sobre hardware a partir do sistema operacional
  • Extrai configuração e registros do sistema operacional
  • Faz uso de ferramentas integradas de suporte do sistema operacional, caso existam
  • RHEL e derivados de mesmo tipo extraem sosreport
  • SLES extrai supportconfig
  • Debian e derivados de mesmo tipo exibem resultados de diversos comandos individuais para coletar saída como a do 'sosreport'
  • Os erros encontrados pelo script são capturados e coletados junto com outros registros
  • Toda a saída é compactada em arquivo .tgz
  • O diretório e nome de arquivo de saída são exibidos na tela

O script não deixa área ocupada além da coleta de registros comprimida. Todos os scripts e arquivos de registro temporários são apagados quando o script é encerrado.

**NOTA** Nenhuma das informações extraídas pelo pec-logs.sh é exclusiva para o script. Esse script apenas combina toda a informação de suporte que geralmente se procura em um único processo integrado

O script PEC-Log inclui um menu que permite ao usuário selecionar se quer gerar um relatório completo, extraindo registros de sistema operacional, armazenamento e hardware de todo o sistema; ou uma opção personalizada para selecionar individualmente quais sessões extrair; ou limpar o registro de eventos. Há também uma opção para limpar o registro de eventos do sistema.



Funções/argumentos de linha de comando adicionais são incluídos para ajustar certas funcionalidades
  • pec-logs.sh –q
    Modo silencioso, modo não interativo que elimina a maior parte da saída e extrai um relatório completo
  • pec-logs.sh –f [value]  
    Ajusta o nome do arquivo de saída, acrescente [value] ao nome do arquivo para ajudar a identificá-lo. Por padrão, o nome do arquivo é pec-logs___.tgz
    O nome do arquivo modificado é pec-logs_<[value]>___.tgz
  • pec-logs.sh –d [value]  
    Modifica o diretório de saída para [value]. O diretório de saída padrão é /tmp/
  • pec-logs.sh –h   
    Exibe informações sobre o uso e exemplos
     

 

Consulte também:
Como gerenciar remotamente um servidor PowerEdge C-Series usando a BMCTool 
Como inspecionar e alterar as configurações do BIOS em um servidor PowerEdge C-Series com a ferramenta SetupBIOS 
Como visualizar informações de armazenamento em um servidor PowerEdge C-Series com a ferramenta LDState 

 



Need more help?
Find additional PowerEdge and PowerVault articles

Visit and ask for support in our Communities

Create an online support Request


ID do artigo: SLN266170

Data da última modificação: 23/10/2018 11:44


Rate this article

Preciso
Úteis
Fácil de entender
Este artigo foi útil?
Sim Não
Envie seus comentários
Os comentários não podem conter estes caracteres especiais: <>()\
Infelizmente, o nosso sistema de feedback está atualmente desativado. Tente novamente mais tarde.

Agradecemos o feedback.