Como instalar o Ubuntu com várias partições personalizadas no seu PC Dell

Summary: Este artigo é um guia sobre como instalar o sistema operacional Ubuntu em partições personalizadas em seu PC Dell.

Article Content


Symptoms

 


Este artigo fornece informações sobre como fazer uma instalação do sistema operacional Ubuntu Linux. Como criar e usar várias partições nos discos rígidos em seu PC Dell.


Sumário:

  1. Usar o disco de instalação do Ubuntu para criar e instalar as partições personalizadas em seu PC Dell
  2. O que você deve saber e verificar antes de iniciar uma instalação
  3. Particionamento de disco do Ubuntu
  4. Como finalizar a instalação

 

Usar o disco de instalação do Ubuntu para criar e instalar as partições personalizadas em seu PC Dell

 

Você precisa personalizar a partição da sua unidade para moldar a instalação do Ubuntu de acordo com as suas necessidades?

Você verificou se o tipo de sistema é certificado como testado pelo Canonical para Ubuntu?

  1. Se não, acesse CanonicalSLN151841_pt_BR__1iC_External_Link_BD_v1 e verifique se o seu modelo é adequado.

  2. Se você verificou e o modelo é compatível, continue.

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: se o sistema não tiver sido enviado com o Ubuntu e você tiver um problema que requeira assistência do suporte técnico para resolução. Talvez seja solicitado que você devolva o sistema conforme ele foi enviado pela Dell. O problema continua ainda persiste? Se não, a possibilidade de suporte seria limitada nesse momento.

Você tem uma cópia da mídia de instalação DVD ou USB mais recente da canonical? Ela inclui as atualizações e correções mais recentes para este sistema operacional.

Você pode fazer download da ISO do Ubuntu adequado da CanonicalSLN151841_pt_BR__1iC_External_Link_BD_v1

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: dependendo da versão do Ubuntu que você está instalando, as imagens abaixo podem ser um pouco diferentes das que você vê no seu próprio sistema.


Voltar ao início


 

O que você deve saber e verificar antes de iniciar uma instalação

 

Há três itens que você precisa levar em conta antes de iniciar uma instalação do Ubuntu:

  1. Verificar o tipo de hardware em que você está tentando instalar.
  2. Verificar o tipo de configurações de BIOS que pode afetar a instalação?
  3. Verificar qual é a versão do Ubuntu que você está instalando.
Em que tipo de hardware você está instalando e isso muda o modo como você executará a instalação?

O tipo ou o formato da mídia de armazenamento pode afetar como você executará a instalação do Ubuntu no seu PC. Pode ser desde a instalação em uma das novas placas M2. A instalação em uma unidade de disco rígido SATA padrão. A instalação nas mesmas unidades de disco rígido SATA em uma configuração Intel Matrix RAID. Verifique se o hardware do seu PC permitirá que você faça o tipo de instalação de que precisa. Ou você pode ler os artigos que estão vinculados abaixo. Isso lhe dará uma ideia de como alterar o método de instalação para acomodar o hardware do sistema:

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: os dispositivos de mídia removível USB 2.0 e mais antigos não são compatíveis com sistemas que usam os novos processadores Intel SkyLake. Os chipsets para as CPUs não suportam mais o hub USB 2.0.
Que tipo de BIOS está instalado no seu sistema? Ele mudará o modo de executar a instalação?

A diferença entre as instalações Legacy e UEFI (Unified Extensible Firmware Interface, Interface de firmware extensível unificada) do BIOS pode ser a diferença entre uma instalação bem-sucedida ou com falha. Consulte os links dos artigos abaixo para obter mais informações sobre o assunto:

Qual é a versão do Ubuntu que você está pensando em instalar?

O Ubuntu, como com qualquer outro sistema operacional, procura constantemente aprimorar e melhorar seu uso e desempenho. A diferença é que, no Ubuntu, você tem a opção de duas atualizações, a qualquer momento:

A primeira é a versão LTS (Long-Term Support, Suporte a longo prazo) mais recente.

Esta atualização está disponível a cada dois anos e é totalmente compatível com a Canonical com atualizações de cinco anos. Trata-se de uma compilação testada e estável.

A segunda é a versão Normal mais recente.

Esta atualização está disponível a cada 6 meses e é apenas suportada pela Canonical com atualizações de 9 meses. Estas versões normais são consideradas de ponta, mas podem ter problemas devido a isso. Essas compilações normalmente são usadas por desenvolvedores e testadores.

Se você pretende fazer upgrade para uma nova versão do Ubuntu, confira o artigo vinculado abaixo:


Voltar ao início


 

Particionamento de disco do Ubuntu

 

  1. Siga o guia de instalação padrão até chegar à tela Installation Type. Nesse momento, a opção que você deseja é a última: Something Else. Depois de selecionar e clicar em Continue, a instalação o levará para a ferramenta Advanced Partitioning Tool. A Advanced Partitioning Tool é a ferramenta de instalação que o levará pelas opções de particionamento personalizado.

SLN151841_pt_BR__6Ubuntu16_04_InstallationType_SomethingElse_BK1

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: o instalador tem suporte para LVM e criptografia de disco completa apenas nos modos de particionamento automático. Não são compatíveis com a Advanced Partitioning Tool.
  1. Nessa janela, você pode ver todas as partições atuais no disco rígido e qualquer espaço livre não atribuído. Neste caso, estamos usando uma unidade de disco rígido vazia. Selecione o botão New Partition Table.

SLN151841_pt_BR__8Ubuntu_Partition_BK_01

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: há apenas um número máximo de quatro partições lógicas possível se o disco rígido estiver usando um esquema baseado em MBR.
  1. A janela de aviso de criação de partição vazia deverá ser exibida. Clique em Continue para prosseguir.

SLN151841_pt_BR__10Ubuntu16_04_InstallationType_SomethingElse_BK5

  1. Agora você pode clicar no botão de sinal de mais para criar uma nova partição. Não há opções especiais nesta ferramenta. O instalador solicitará a criação de uma nova partição como uma partição lógica se houver quaisquer partições primárias preexistentes. Você pode seguir as sugestões do instalador ou você pode modificá-las.

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: recomendamos criar a primeira partição para a instalação do Ubuntu como uma partição primária.

Está tendo problemas para seguir isso? Você pode ler sobre partições, diretórios e sistemas de arquivos no guia apresentado abaixo para obter uma explicação mais detalhada:

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: esta etapa será repetida para cada partição criada.
  1. Você precisa criar uma Partição Raiz. Esta partição será montada em /. O Ubuntu precisa de um mínimo de 20 GB para ser executado corretamente. Eu deixaria o sistema de arquivos como o padrão Ext4. Por exemplo, há apenas uma partição primária e todas as demais partições serão criadas como partições lógicas pelo instalador. Você não terá escolha.

  2. Precisamos de um arquivo de paginação, portanto, criaremos uma partição de troca. Essa partição é para /swap. Esse é o espaço em disco que o sistema pode usar como memória. Como um arquivo de paginação nos sistemas Windows. Geralmente é recomendado fazê-lo duas vezes o tamanho da RAM que você tem no sistema. Certifique-se de selecionar a área de troca no menu suspenso Use as.

SLN151841_pt_BR__13Ubuntu16_04_InstallationType_SomethingElse_BK3

  1. Em seguida, criaremos a partição de início. Esta partição será montada em /home. O espaço em disco será o que sobrou no disco rígido. Vamos usar os mesmos valores padrão de antes para as outras opções.

SLN151841_pt_BR__14Ubuntu16_04_InstallationType_SomethingElse_BK4


Voltar ao início


 

Como finalizar a instalação

 

  1. Depois que todas as partições tiverem sido criadas, você deverá ver todas elas listadas na janela principal da Advanced Partitioning Tool. Para finalizar, é necessário especificar o dispositivo para a instalação do carregador de inicialização.

    1. Por padrão é /dev/sda ou o MBR dos discos rígidos. Isso é quando você quer o Ubuntu como o dispositivo de boot primário e quer que ele controle o boot.

    2. Se você já tiver outro sistema operacional (SO) no disco rígido e quiser usá-lo na inicialização primária. Então, como no exemplo abaixo, você precisa que o GRUB seja instalado na partição de boot do sistema operacional que aqui é sda5. Selecione /dev/sda5 no menu suspenso.

SLN151841_pt_BR__15Ubuntu16_04_InstallationType_SomethingElse_BK2

SLN151841_pt_BR__2icon Nota: GRUB (Grand Unified Bootloader) é o carregador de inicialização no Ubuntu e na maioria das outras distribuições de Linux.
  1. Clique em install now se a partição que você deseja estiver apontando para o carregador de boot.

  2. Ao concluir a instalação do Ubuntu, você precisará reinicializar o computador.

    1. Se tiver escolhido o Ubuntu, você terá terminado neste momento. Você pode obter ajuda adicional sobre a configuração do Ubuntu usando o guia apresentado abaixo.

    2. Se você escolheu outro SO, a reinicialização levará você para o carregador de inicialização do sistema operacional. Adicione uma entrada para o Ubuntu no menu de inicialização desse sistema operacional.

Nota: se você tiver concluído a instalação e houver problemas, a resolução é mais fácil e mais rápida é executar novamente a instalação.


Voltar ao início


 

Informações adicionais:

 

SLN151841_pt_BR__2icon Nota:
O suporte de software é fornecido pela Canonical através dos seguintes métodos:
O suporte técnico é fornecido pela Dell:


Voltar ao início


Article Properties


Affected Product

Inspiron, Latitude, Vostro, XPS, Fixed Workstations

Last Published Date

21 Feb 2021

Version

4

Article Type

Solution

Rate This Article


Accurate
Useful
Easy to Understand
Was this article helpful?

0/3000 characters